Arquivo de Fevereiro de 2018

DIFERENÇA ENTRE PILATES E YOGA

Postado por Pilates Telles em - Sem Comentários

Muitas pessoas que querem começar a praticar o Pilates partilham de dúvidas relacionadas às diferenças entre as duas atividades físicas.

Ambas as atividades não foram criadas para serem exercícios físicos nem foram criadas a pouco tempo. A Yoga é milenar e tem por principal objetivo integrar corpo e mente num corpo sadio. Dentro dela existem divisões que tem focos diferentes, seja na filosofia que a Yoga prega, seja na questão das posturas e exercícios.

O Pilates foi criado por Joseph Pilates para tornar seu corpo, então franzino e sem força, mais robusto e forte. Após isso, o método, que prioriza a estabilidade muscular aliada a flexibilidade, foi usado como método terapêutico de recuperação de soldados durante a II Guerra Mundial. Enfim, como os objetivos iniciais não eram o exercício físico como prática em si, alterações foram feitas e hoje temos as versões mais modernas de ambos.

O Pilates pode acompanhar aparelhos para a prática, apesar de ser também praticado no solo e suspenso e o Yoga utiliza-se apenas o peso do próprio corpo como resistência.

A respiração é muito importante nos dois métodos: no Pilates você inspira pelo nariz e expira pela boca, já no  Yoga a respiração deve ocorrer inteira ao nível do nariz, inspiração e expiração.

O Pilates tem exercícios muito eficientes para beneficiar o treinamento de esportes específicos, ele ajuda a balancear a força do corpo promovendo mais equilíbrio. Os exercícios do método na maioria das vezes são lentos e com poucas repetições, uma vez que se prioriza a execução perfeita e sempre com grande ênfase na respiração.

Muito bem, cada uma das atividades pode trazer ganhos para sua saúde e seu corpo, porém dentro dos objetivos e expectativas de cada. Cabe a você escolher qual delas se enquadra melhor em seu estilo e objetivos.

DORES NA COLUNA?

Postado por Pilates Telles em - Sem Comentários

De forma geral todas as pessoas já sentiram em algum momento dor nas costas ou no pescoço.
A dor pode ser de maior ou menor intensidade, mas sempre incomodativa. O que Importa é identificar a causa da dor e corrigi-la, uma vez que, em alguns casos a dor é um sintoma e não uma doença propriamente dita.
A tensão no pescoço, ombros e coluna lombar são uma das reclamações mais comuns da idade moderna.

Muitos trabalham sentados em um computador por horas a fio e mesmo nos locais de trabalho mais ergonômicos, é quase impossível evitar a sobrecarga dos músculos do pescoço, ombros e da lombar. Os exercícios de Pilates podem ajudar a fortalecer e relaxar essa musculatura. A maioria das dores nestas regiões são devidas à má postura. E, infelizmente, essa é a postura em que se passa a maior parte do dia.

Muitas pessoas acham difícil se sentar com a postura correta durante oito horas, pois já ficam  por longos períodos de tempo sentados de uma maneira que a coluna vertebral não suporta (geralmente, em uma posição ligeiramente curvada). Nessa posição você perde a força dos seus músculos posturais por não usá-los dia após dia, e então você não consegue mais sentar-se corretamente, mesmo se quisesse, porque você perdeu a força!

São elas as vilãs da maioria das dores na coluna: má postura e fraqueza muscular, ou um por consequência do outro.

O que fazer? Pilates!

Onde? PILATES TELLES

Pilates Telles é VIDA!!

PILATES SUSPENSO

Postado por Pilates Telles em - 1 Comentário

 

suspensus 1

Pilates Telles trabalha, também, com o Pilates Suspenso ele segue os mesmos princípios do Pilates original, porém os aparelhos são “suspensos”, um pouco “circenses”.

As aulas são mais dinâmicas e desafiadoras com variados exercícios, que podem ser aplicados para todos os alunos, desde iniciante ao avançado, realizando exercícios básicos e até mesmo acrobáticos, lindíssimos.

No método  SUSPENSO trabalhamos e movimentamos todas as regiões de forma integrada, ou seja com apenas um exercício é possível trabalhar e treinar várias capacidades físicas.

O que mais buscamos hoje em dia é ser funcionais em nossas atividades diárias. Então eu poderia dizer certamente que o maior beneficio do método é melhorar a nossa funcionalidade. Ser funcional é essencial hoje em dia.

O CORE é mais acionado nos exercícios realizados em plataformas instáveis do que de forma tradicional, isso tem grande funcionalidade na estabilidade da coluna, e funcionalidade na prevenção de lesões.

Muitos exercícios trabalham o alinhamento corporal e o fortalecimento de musculatura estabilizadora, o que nos faz ter uma melhora significativa em termos de postura.

Ao trabalharmos a melhora da postura no Pilates suspenso estamos novamente falando do CORE e isso nos leva de volta a musculatura estabilizadora, que não só nos gera estabilidade, melhora o equilíbrio e consequentemente a melhora da coordenação motora.

Venha experimentar uma aula Pilates Telles!!!

 

16406806_1410353989015202_7810183414567516154_n